Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

VIDA INTERLIGADA E VEGETARIANISMO - COMPAIXÃO PELOS ANIMAIS

Imagem
A principal razão pela qual as pessoas em países ricos continuam a comer carne é porque apreciam o gosto (e textura). As questões de saúde são em geral secundárias.Portanto, nosso real motivo é voracidade. Quando levamos em consideração o medo e a dor de milhões de animais envolvidos no comércio de carnes (que se desenvolve devido à demanda), como é possível de fato desfrutarmos de comer carne? O que estamos comendo é terror e desespero.Todos que têm animais de estimação sabem que os animais têm emoções e sentimentos como nós. São seres inteligentes, ainda que não possam nos falar diretamente sobre suas expectativas e medos. Olhem dentro de seus olhos. Usar a desculpa de que os animais que você cozinha são provenientes de fontes “eticamente” responsáveis, seria como oferecer boas refeições e um ambiente confortável a alguém – mas com a intenção de matá-lo ao final. Como disse George Bernard Shaw: “Os animais são meus amigos e eu não me alimento de amigos”. ~ Jetsunma Tenzin Palmo (Traduçã…

BANCO MUNDIAL DAS SEMENTES - A ARCA DE NOÉ DAS ESPÉCIES VEGETAIS

Imagem
Existe um gigantesco cofre-forte escavado numa área de gelo permanente na Noruega, nas Ilhas Svalbard, a cerca de mil quilômetros do Polo Norte. Nela é conservado o tesouro mais precioso da humanidade: as sementes

Banco Mundial das Sementes. A Arca de Noé das espécies vegetais

8 de Abril de 2015 às 16:56


Corte das instalações do banco de sementes de Svalbard. Elas penetram fundo na montanha de gelo perene

Por: Equipe Oásis

O Svalbard Global Seed Vault é um gigantesco armazém fortificado no interior de uma montanha de gelos eternos, situado a cerca de mil quilômetros do Polo Norte, no arquipélago das Ilhas Svalbard, na Noruega. Nesse bunker protegido de qualquer ameaça, é preservado um dos bens mais preciosos do mundo.
Não são obras de arte, pedras preciosas ou metais raros. São sementes: arroz, trigo, feijão, berinjela, batata, banana, centeio. Tudo aquilo que pode-se plantar e, ainda mais importante, tudo aquilo que se deve conservar para a preservação da biodiversidade.


Barentsburg é um…

SUCO DE BETERRABA : O SUCO DA VIDA

Imagem
SUCO DE BETERRABA : O SUCO DA VIDA
Além de diminuir o risco de AVC, o suco de beterraba aumenta a resistência física. Além de diminuir o risco de doenças cardíacas, AVC (Acidente Vascular Cerebral) e aumentar a resistência física, um novo estudo revela que o suco de beterraba aumenta o fluxo sanguíneo para o cérebro. Segundo os pesquisadores, o vegetal é uma promessa para combater a progressão da demência. Cientistas da Universidade Wake Forest, nos Estados Unidos, investigavam os efeitos dos nitratos encontrados na beterraba. "Houve vários estudos que mostram que beber suco de beterraba pode baixar pressão sanguínea, mas queríamos mostrar que também aumenta a perfusão (bombeamento de um líquido através de um órgão), ou fluxo sanguíneo para o cérebro", disse o professor que conduziu a pesquisa, Daniel Kim-Shapiro, segundo a publicação inglesa Daily Mail. Altas concentrações de nitratos são encontrados na beterraba, assim como no aipo, repolho, espinafre e alface. Quando você com…

AÇÚCAR É PIOR QUE COCAÍNA ?

Imagem
Açúcar é pior que cocaína?

Estudos realizados nos Estados Unidos afirmam: o açúcar pode causar efeito no cérebro semelhante ao da cocaína.
As pessoas sabem que o açúcar não faz bem, mas não sabem o quanto ele faz mal. Certamente desconhecem a magnitude do dano que pode ser irreversível no campo neurológico impactando capacidade de aprendizado das nossas crianças e criando todo tipo de desordem metabólica.
Atualmente, evidências convincentes apontam que alimentos ricos em gordura, açúcar e sal podem alterar a química do cérebro, da mesma forma que as drogas altamente viciantes, como cocaína e heroína. A ideia está rapidamente se tornando uma visão comum entre pesquisadores em razão de novas pesquisas.
Em 2001, os neurocientistas Nicole Avena, da Universidade da Flórida, e Bartley Hoebel, da Universidade de Princeton, iniciaram uma série de estudos para procurar sinais de vício em animais que eram alimentados com junk food (ou comida-porcaria).
Explicando: junk food são alimentos ricos em ca…